Header AD

Editorial | A importância da mídia no processo eleitoral



Discute-se muito a importância dos meios de comunicação nas eleições, seja por meio de informes ou pelo horário eleitoral. Porém, a veracidade do que é veiculado pode ser questionada, por conta do posicionamento partidário daqueles os quais deveriam nos informar.

Essa parcialidade pode ser vista na Operação Lava Jato, incessantemente presente na televisão, no rádio e nas revistas, pois as emissoras, através da escolha semântica, podem manipular o telespectador, mostrando apenas parte da notícia, como ocorreu com a participação de Aécio Neves no esquema.

A partir disso, o eleitor se vê preso ao candidato escolhido, principalmente, pelas elites, por falta de informação sobre ele ou seu oponente, pois o veículo midiático visa ao bem estar de pequenos grupos ao promover certo representante, tal qual aconteceu com o ex-presidente Fernando Collor, deposto por corrupção.

Outro momento de convencimento é o horário político, pois, neste, a população se sente perdida por conta dos ataques entre partidos e técnicas de alteração do voto, como imagens e músicas comoventes, as quais podem (e vão) afetar a escolha do eleitor.

De acordo com os fatos apresentados, percebe-se a influência da mídia no processo de seleção de candidatos, por essa divulgar apenas parte das notícias a fim de favorecer uma classe específica. Isso pode ser resolvido com a criação de uma legislação e fiscalização para impedir tais abusos. Outra solução seria a implantação de aulas de política e filosofia em escolas, para criar o senso crítico nas pessoas, mesmo que a longo prazo.
Editorial | A importância da mídia no processo eleitoral Editorial | A importância da mídia no processo eleitoral Reviewed by Carolina Soares on 15.11.15 Rating: 5

Nenhum comentário

Post AD