Header AD

Vinil da Vez | A espontaneidade e desabafo da Britney Spears no 'Blackout'



Não tem como pensar no mundo pop sem lembrar da Britney Spears. A Princesa do Pop, que atualmente encontra-se em residência fixa na cidade de Las Vegas, viu sua vida mudar drasticamente após o lançamento do In The Zone em 2003, trazendo a ela grande visibilidade em todo mundo. Manter a qualidade do material anterior era um desafio, já que nele encontrava-se seu maior sucesso “Toxic” que lhe rendeu seu primeiro Grammy, além de várias músicas que estavam entre as prediletas do público. Tudo estava em jogo nesse trabalho, ou seria a consagração de sua carreira, ou sua queda drástica num mercado tão cruel que é o mundo da música.

Eis que surge o Blackout. Lançado em 2007 com doze faixas na sua versão standart, o álbum impressiona não apenas pela sua produção, mas por sua espontaneidade e originalidade. Num dos momentos mais difíceis de sua vida íntima e profissional, tendo acabado de se separar e estando nas manchetes de todos os jornais após sua internação numa clínica de reabilitação, o material transborda seus sentimentos em composições que transitam entre o urban e o dance-pop com um time de compositores para lá de especial além da própria artista. 

Diferente de todos os seus materiais, o seu quinto álbum não teve divulgação massiva na mídia, com exceção da apresentação do primeiro single Gimme More no VMA de mesmo ano. Mesmo considerada um fiasco pela crítica e pelo público, a performance é lembrada até hoje por ser o abre-alas de um dos seus materiais mais sinceros, não ligando para a crítica dos veículos midiáticos e de seu jogo de interesses. 



Esse sentimento de revolta ao poder que imprensa suja exerce nos famosos também encontra-se presente em Piece of Me, minha música favorita da cantora. No melhor jeito de deboche e ironia ao cantar, a canção destaca-se não apenas pela sua letra viciante, mas pelo clipe produzido para ela. Não é atoa que a canção foi premiada no ano seguinte pelo VMA como Clipe do Ano. 



Seguido por "Break The Ice" e a reaproveitada no álbum Circus "Radar", o disco mantém a qualidade das canções que se prosseguem com a mistura ousada de elementos do urban ao pop. Mesmo com uso recorrente do auto-tune em sua voz em algumas faixas, nada tira o brilho da produção que sempre será lembrada pelos seus fãs e amantes da cultura pop.

-  

Vinil da Vez é um blog do TPJ onde são apresentadas músicas e álbuns de diferentes épocas que marcaram geração e são lembrados até hoje. Semanalmente, o site é atualizado com artigos deste projeto.


Vinil da Vez | A espontaneidade e desabafo da Britney Spears no 'Blackout' Vinil da Vez | A espontaneidade e desabafo da Britney Spears no 'Blackout' Reviewed by João Walber on 10.9.15 Rating: 5

Nenhum comentário

Post AD