Header AD

Editorial | Taylor Swift VS Nicki Minaj


Como todos aí devem ter visto ou ouvido falar, rolaram alguns desentendimentos entre as estrelas da música Taylor Swift e Nicki Minaj por conta das indicações para o Video Music Awards (VMA). Para você que não viu ou quer entender melhor o que aconteceu, aqui vai:

Tudo começou com a divulgação dos indicados para o VMA. A lista é:

"7/11" de Beyoncé
"Thinking Out Loud" de Ed Sheeran
"Alright" de Kendrick Lamar
"Uptown Funk" de Bruno Mars e Mark Ronson
"Bad Blood" de Taylor Swift

Porém, quando Minaj não foi indicada com seu vídeo "Anaconda", ela foi ao Twitter compartilhar seus sentimentos:


"Se eu fosse um tipo 'diferente' de artista, Anaconda seria indicado para melhor coreografia e vídeo do ano também"




"Quando as 'outras' garotas fazem um vídeo que quebra recordes e causa impacto na cultura elas são indicadas"




"Se seu vídeo celebra mulheres com corpos muito magros, você é indicado a vídeo do ano"


E, então, Taylor Swift, se sentindo atingida, responde:




"Nicki Minaj eu nunca fiz nada além de te amar e apoiar. Não é do seu feitio colocar mulheres umas contra as outras. Talvez um dos homens tenha pegado o seu lugar"




"Oi? Você não deve estar lendo meus tweets. Não falei nada sobre você. Eu te amo do mesmo jeito. Mas você não deveria falar sobre isso, Taylor Swift"


Taylor, então, responde:




"Nicki Minaj, se eu ganhar, por favor suba ao palco comigo!! Você está convidada para qualquer palco em que eu esteja"


Mas, porém, entretanto, todavia, contudo, apesar do convite de Taylor, Katy Perry se envolve, indiretamente, na discussão, com uma referência a "Bad Blood" de Taylor, que dizem ser escrita sobre Perry:




"Eu acho irônico militar sobre o assunto de colocar mulheres umas contra as outras se uma ganha uma quantidade imensurável de dinheiro tentando derrubar outra..."


Também dando sua opinião, Ed Sheeran defende a amiga Taylor Swift em entrevista para o Daily Telegraph: "Eu acho que todos sabem que Taylor não fez nada de errado. Ela não se indicou para os prêmios. Não é culpa dela, ela apenas fez alguns vídeos bons e as pessoas os acham bons. E eu acho que o argumento de Minaj é um pouco redundante, porque ela diz que para ser indicada você precisa ser branca e magra, mas o 7/11 da Beyoncé está lá e isso é celebrar a figura feminina em todas as formas".


Porém, um pouco depois, Sheeran foi ao twitter para esclarecer a situação:





BuzzFeed: "Ed Sheeran disse que o argumente sobre raça de Nicki Minaj é redundante"


Ed Sheeran: "Isso está fora do contexto e não foi exatamente o que eu disse"


BuzzFeed: "Você pode nos dizer como está fora do contexto para podermos adicionar na matéria?"


Ed Sheeran: "Eu estava falando de imagem corporal, não racismo e, enquanto estava defendendo uma amiga, eu definitivamente me expressei mal, desculpe"


Mais tarde, Swift também se desculpou:




"Eu pensei que estivesse falando de mim. Eu não peguei o argumento, eu não entendi, então, me expressei mal. Desculpe-me, Nicki"


Colocando fim à briga, Minaj aceitou as desculpas:





"Isso significa muito para mim Taylor, obrigada"

Bem, o que eu tenho a dizer sobre isso? Concordo com o argumento de Nicki Minaj de que há preconceito étnico na indústria musical, porém também concordo com Ed Sheeran, pois, se racismo e não ter "um corpo muito magro" fossem os únicos motivos de sua exclusão do prêmio, Beyoncé não teria sido indicada.

Além do mais, dizer que não de dirigia a Taylor Swift foi uma mentira deslavada, já que esta é a única mulher "branca e com corpo muito magro" concorrendo a Vídeo do Ano.

Quanto à intromissão de Katy Perry, na minha opinião, Taylor não escreveu "Bad Blood" pelo simples fato de querer se colocar contra Perry, mas por conta do histórico de desavenças entre as duas. Porque, se Swift quisesse "colocar mulheres umas contra as outras" com um intuito machista, visando apenas ao desentendimento, ela não teria a legião de amigas as quais mostra ter no clipe da música.

Portanto, sim, há preconceito na indústria musical, porém acusar e culpar Taylor Swift por ser branca e magra não é o caminho de resolver isso. Na verdade, acaba se tornando um racismo invertido, pois a cantora em nenhum momento desrespeitou Nicki ou incentivou esse tipo de prática.

Agora, só nos resta esperar para ver quem de fato vencerá o vídeo do ano do Video Music Awards.
Editorial | Taylor Swift VS Nicki Minaj Editorial | Taylor Swift VS Nicki Minaj Reviewed by Carolina Soares on 8.8.15 Rating: 5

Nenhum comentário

Post AD