Header AD

Editorial | A visão de Steve McCurry



Na definição de Ivan Lima "A fotografia, antes de tudo é um testemunho. Quando se aponta a câmara para algum objeto ou sujeito, constrói-se um significado, faz-se uma escolha, seleciona-se um tema e conta-se uma história, cabe a nós, espectadores, o imenso desafio de lê-las."
Hoje é fácil e rápido registrar um momento, mais fácil ainda compartilha-lo com outras pessoas. Parece tão corriqueiro fotografar mas quando pensamos que sem essa forma de registro e arte muitas lembranças, momentos, pessoas e lugares "se perderiam" com o tempo, esse ato se torna significativo e até tem um quê sentimental.

Muitos se dedicam a fotografar, assumem como profissão e vivem para isso. Entre essas pessoas esta Steve McCurry, fotógrafo estadunidense da National Geographic, com certeza você já cruzou com uma das fotografias dele abaixo e é um bom exemplo de como a fotografia consegue alcançar e cativar a todos.

''Quando estava com 27 anos, larguei meu trabalho como fotojornalista, peguei minha poupança e fui para a Índia pelo simples motivo de que jamais estivera naquela parte do mundo. Meu plano original era passar 12 semanas viajando. Em vez disso, acabei voltando de lá dois anos depois com 200 rolos de filme e completamente fascinado pela religião, pelos costumes pela cultura do país. Fiquei impressionado com o contraste entre modos de vida arcaicos e modernos e com a flagrante disparidade entre ricos e pobres. Desde então, em pouco mais de três décadas, voltei ao subcontinente indiano nada menos que 84 vezes. Também fiz 35 viagens ao Afeganistão, além de viajar a trabalho para Birmânia,Tailândia, China, Paquistão, Bangladesh e Turquia..Nunca decidi ser um fotógrafo de guerra, mas tenho enorme interesse no modo como os conflitos afetam as pessoas. Não importa o lugar, nossa reação é a mesma: sempre somos capazes de nos recuperar. Está na natureza humana seguir em frente. O retrato que fiz de Sharbat Gula, “a menina afegã”, faz parte de uma série sobre jovens que frequentavam uma escola improvisada em um campo de refugiados perto de Peshawar, no Paquistão, em 1984. Reconhecida mundo afora, a imagem tornou-se um símbolo da resistência humana...''


- Steve Mccury

Portraits | Steve McCurry

fisherman in pakistan ©Steve McCurry

The Taj Mahal, spectacularly captured here by the brilliant Steve McCurry

Bedtime story, India                 .. Steve McCurry http://www.buzzfeed.com/isaacfitzgerald/reading-love

Flower seller in Lake Dal, Kashmir, India (1986) by Steve McCurry Vendedor de flores en el Lago Dal. Por: Steve McCurry (1986) ·Kashmir, India·

Two members of the Ramon Obusan troupe wait backstage to perform Yakan dances in Basilan, Philippines by Steve Mccurry

Che i colori ti saltino addosso o che sia tu a riempirti di colori l'importante è saperne cogliere la ricchezza, saper vedere ogni sfumatura, viverla. foto di Steve McCurry

#Steve McCurry, Kabul, Afghanistan, 1992 - http://vacationtravelogue.com Guaranteed Best price and availability on Hotels

Dust storm - Rajasthan, 1984 | Steve McCurry, photographer. I want to experience other cultures and capture life like this.


The Power of Two, India stevenmccurry.wordpress.com   via @outbounding

Steve McCurry - Children of War (Lebanon)


Bombay, India:  Galleries by Steve McCurry http://stevemccurry.com/galleries/india

Don’t you know that the real definition of bravery is being afraid and doing it anyway? http://toko-pa.com/2012/04/16/beautiful-things-14/








Editorial | A visão de Steve McCurry Editorial | A visão de Steve McCurry Reviewed by Laís Bitti Piai on 29.8.15 Rating: 5

Post AD