Header AD

Leitura de Cabeceira: Parque dos Dinossauros


Olá leitores do TPJ com o sucesso do filme 'Jurassic World' se tornando a 3° maior bilheteria de todos os tempos, venho contar a vocês que Jurassic Park tem dois livros também, informação que nem muita gente sabe.
 
O Parque dos Dinossauros é um livro de ficção científica escrito por Michael Crichton e publicado em 1990. A trama usa a teoria do caos e suas implicações filosóficas para explicar o colapso de um parque de diversões povoado por dinossauros, recriados através de engenharia genética.
 

Obras

 
 

- Parque dos Dinossauros

- Mundo Perdido

 

Desenvolvimento

 
- George Poinar Jr. e sua esposa, foram os primeiros cientistas que vieram com a ideia de que um DNA antigo poderia ser extraído de insetos fossilizados em âmbar. A ideia de que animais extintos poderiam ser recriados a partir de paleo-DNA rapidamente surgiu depois. Michael Crichton começou a usar esse conceito como um elemento para uma história. Em uma entrevista, Crichton disse que levou "dez anos do início ao fim" para este romance. Bem antes de o romance ter sido publicado, em 1980, suas primeiras ideias foram formadas.
 
- Em 1983, Crichton escreveu um roteiro sobre um jovem estudante que recriou geneticamente um pterodáctilo de um fóssil de DNA. Crichton disse em uma entrevista, que "o roteiro não deu certo. Foi fantástico um evento desses, ser mantido em segredo, que foi o que aconteceu nessa história." Crichton trabalhou durante anos para tornar a história mais convincente. "O problema dessas criaturas é que uma vez que você os tem, então o que você faz com eles? Quer dizer, qual é a história depois que eles existem? A história não havia sido muito satisfatória dessa forma, e eu desisti."
 
- Crichton também não acreditava no início que era possível recriar os dinossauros, e que foi uma das principais razões para que ele abandonasse a ideia. Mas durante os anos seguintes "haviam mais e mais pesquisas, o que sugeriu que não era tão improvável assim, e eu comecei a levar a ideia mais a sério."
 
- Todos os personagens do romance, "foram baseadas mesmo em pessoas reais". As obras e a personalidade do físico Heinz Pagels forneceu a inspiração para o personagem de Ian Malcolm. Alan Grant foi baseado no paleontólogo Jack Horner. John Hammond "é o único que não foi baseado em ninguém", mas em entrevista Crichton afirma que Hammond seria como uma versão sombria, ambiciosa, de Walt Disney.
 
- Um problema que Crichton tinha que resolver em primeiro lugar, era o por que de os dinossauros serem recriados. "Embora eu acreditasse que era possível recriar geneticamente essas criaturas... Eu não podia ver quem iria pagar por isso. Porque não é uma cura para o câncer. Você sabe, é muito divertido, e a única coisa que eu conseguia pensar era que seria uma forma de entretenimento. Foi por isso que o romance aconteceu em um parque temático." Crichton, então, escreveu a história do ponto de vista de um garoto que estava presente quando os dinossauros escaparam.
 
- Quando seu primeiro projeto ficou pronto, ele os deu para as habituais cinco ou seis pessoas que leem seus rascunhos. Mas todos eles odiaram a história. Crichton ouviu reações como "Por que você escreveu um livro como este?!" Mas quando ele perguntou o que tinha de errado com a história, eles não conseguiram apontar algo particular. "Eles simplesmente odiavam... cada parte dela." Então Crichton reescreveu seu romance, que desta vez, tinha um ponto de vista adulto. E então todos gostaram.
 

Audiobook

 
O primeiro romance teve duas versões em audiobook liberadas; uma versão completa e integral e uma versão resumida.
 
A versão integral, lançada no início de 2000, é lida por William Roberts, e tem aproximadamente 13 horas e 55 minutos, divididos em 12 CDs. No entanto, essa versão só foi lançada no Reino Unido, e é, portanto, muito difícil de se encontrar.
 
A versão resumida é um pouco mais fácil de se encontrar, tendo inclusive versões digitais desta versão. É narrada por John Heard e tem aproximadamente 2 horas e 51 minutos.
 
Curiosidades:
 
 
- Antes mesmo do livro ser publicado, Steven Spielberg ficou sabendo do romance em outubro de 1989.
 
- Tim Burton e Warner Bros., Richard Donner e Sony Pictures Entertainment, e Joe Dante e 20th Century Fox tentaram obter os direitos; mas no final a Universal Pictures adquiriu-os para Spielberg em maio de 1990.
 
- A Universal pagou ao autor um adicional de US$ 500.000 para ele adaptar para os cinemas seu próprio romance.
 
Crichton observou que, como o livro foi "bastante longo", seu roteiro tinha apenas cerca de 10 a 20 por cento do conteúdo do romance, e muitas cenas foram retiradas por razões práticas e orçamentais.
 

Autor

 

Michael Crichton

 
 
John Michael Crichton nasceu em Chicago, no dia 23 de outubro de 1942 e foi um escritor, produtor de filmes e de televisão estadunidense. Seus trabalhos mais conhecidos são novelas de ficção científica, dentre os quais, sua obra mais conhecida, Parque dos Dinossauros, adaptado para o cinema por Steven Spielberg com o título Jurassic Park, e a série de televisão ER.
 
Seu gênero literário pode ser descrito como Thriller tecnológico, que é, geralmente, a união de ação e de detalhes técnicos. Muitas das suas novelas têm termos médicos ou científicos, refletindo seu treino médico e científico — Crichton era formado em medicina pela Harvard Medical School.
 
Crichton morreu em Los Angeles, dia 4 de novembro de 2008, aos 66 anos, em consequência de um câncer.
 
Obras

  • (1968) Um caso de necessidade (sob o pseudônimo Jeffery Hudson)
  • (1969) O Enigma de Andrômeda
  • (1972) O Homem-Terminal
  • (1975) O Grande Roubo de Trem
  • (1976) Devoradores de Mortos (livro)
  • (1980) Congo (livro)
  • (1987) Esfera (livro)
  • (1990) Jurassic Park (livro)
  • (1992) Sol Nascente (livro)
  • (1993) Revelação (livro)
  • (1995) O Mundo Perdido
  • (1996) Armadilha Aérea
  • (1996) Twister (roteiro do filme homônimo)
  • (1999) Linha do Tempo (livro)
  • (2002) Presa (livro)
  • (2004) Estado de Medo
  • (2006) Next (livro)

  • Leitura de Cabeceira: Parque dos Dinossauros Leitura de Cabeceira: Parque dos Dinossauros Reviewed by Luara Moraes Leão on 27.7.15 Rating: 5

    Post AD