Header AD

Leitura de Cabeceira: Mangás de Dragon Ball


Com a estreia de ontem (dia 5 de julho de 2015) do anime Dragon Ball Super, hoje o 'Leitura de Cabeceira' vai ser sobre o mangá Dragon Ball, abordando todos os seus detalhes. Espero que conheçam mais ainda sobre esse incrível mangá e depois vão assistir o primeiro episódio de Dragon Ball Super que já foi lançado.
 

Origem

 
Dragon Ball (ドラゴンボール , Doragon Bōru?) é um mangá criado por Akira Toriyama e publicado em 41 volumes, inicialmente na revista Weekly Shōnen Jump, a partir de 1984. O mangá deu origem a duas séries de anime que tiveram um enorme sucesso, tanto no Japão como no resto do mundo: Dragon Ball, Dragon Ball Z e ainda Dragon Ball GT, uma terceira série cuja história não se baseia no mangá.
 

História

 
 
A história de Dragon Ball conta a vida de Son Goku, um menino morador da Montanha Paozu com cauda de macaco, baseado na lenda chinesa Jornada ao Oeste (西遊記), desde as suas aventuras quando criança até se tornar avô. Durante a sua vida, participa de muitas batalhas com adversários cada vez mais fortes, procurando sempre aumentar a sua força. Nas suas viagens, Goku conhece várias pessoas, criando, muitas vezes, uma amizade muito forte com elas, que o ajudam a vencer os vilões da história,ele embarca em uma aventura para achar as esferas do dragão.
 

Esferas do Dragão

 
As Esferas do Dragão são alguns dos componentes da história. São sete esferas de cristal alaranjado, mágicas, que estão espalhadas pelo planeta e que possuem estrelas no seu interior (de uma a sete). Quando todas são reunidas, se o portador souber as palavras mágicas, são usadas para invocar o dragão Shen Long que realiza um desejo (com alguns limites). Depois do desejo ser concedido, as esferas transformam-se em pedra e espalham-se pelo planeta, ficando impossíveis de serem usadas e detectadas durante um ano. Em tempos passados, demoraria gerações para procurar e juntar as esferas. No entanto, no início da história, uma garota chamada Bulma (filha de um dos maiores gênios da cidade, o dono da Corporação Capsula - fábrica existente no anime) cria o Radar do Dragão para detectá-las, facilitando o processo de busca das esferas.
 

Ki

 
Na série, todos os seres vivos possuem uma energia no corpo chamada Ki, que determina o poder e a resistência física de um indivíduo. Os guerreiros da série sabem da existência dessa energia e a controlarem permitindo usar grandes poderes. Todas as habilidades consideradas impossíveis para pessoas normais fazerem são realizadas utilizando o Ki. Os raios disparados pelos personagens são energia Ki.
 
Quando um personagem se esforça para liberar o Ki, ele está colocando seu poder interno que ainda não foi liberado para fora fazendo seu Ki ficar mais poderoso.
Ki é a concentração da força vital em energia e/ou matéria
 

Evolução

 
A história de Dragon Ball desenvolveu-se gradualmente durante os onze anos de publicação. Durante esses anos, o tom e o estilo das histórias mudou gradualmente para refletir os gostos dos leitores e dos editores da Shonen Jump.
 
Os primeiros volumes do mangá (volumes 1-11) são fundamentalmente histórias de fantasia com humor, com alguns elementos de ficção científica menores. Elementos de fantasia importantes incluem não só o menino-macaco Son Goku e as próprias esferas, mas também muitos animais falantes, técnicas de artes marciais improváveis e personagens identificadas como deuses e demônios.
Apesar dos elementos fantásticos, o mundo tem tecnologia avançada, que inclui cápsulas que cabem no bolso e que podem guardar coisas como carros, aviões e submarinos, sendo usadas para o transporte portátil desses automóveis, bem como o de qualquer outra coisa. É produzida pela Corporação Cápsula (Capsule Corporation). O enredo é, de uma forma geral, leve, com poucas mortes e uma ênfase na aventura e no humor.
 
Uma sutil mas significativa mudança de tom deu-se depois do melhor amigo de Son Goku, Kuririn, ter sido morto. Isto começou na Saga Piccolo Daimaoh (volumes 12-16), na qual o mangá muda para um tom mais sério se comparado com o dos volumes anteriores.
 
Dragon Ball transforma-se completamente num mangá shonen de ação no início da Saga dos Saiyajins (volumes 17-20). A partir da introdução do filho de Son Goku, a história começa a tomar um rumo mais sério e dando maior importância à ficção científica. Muitos dos personagens que anteriormente tinham origens fantásticas são agora reconhecidos como extraterrestres. Viagens no espaço, ameaças espaciais e poderosos ciborgues são agora comuns.
 
Depois da derrota de Nappa e Vegeta e da conclusão da Saga Saiyajin, os sobreviventes do ataque Saiyajin dirigem-se para o Planeta Namek para tentar ressuscitar os amigos que foram mortos pelos Saiyajins. Assim começa a Saga Freeza (volumes 21-28), que é reconhecida, não só por quão poderosos os personagens se tornam, mas também pelo surgimento da transformação Super Saiyajin.
A Saga Cell (volumes 28-35) introduz os Andróides, um misterioso Saiyajin chamado Trunks, que se revela filho de Bulma e Vegeta, e o enigmático Cell.
 
A Saga Majin Boo (volumes 36-42) é o último arco do mangá, onde aparecem mais dos elementos de fantasia que estavam presentes nos primeiros volumes do mangá. A obra tem um teor cômico mais acentuado.
 

Dragon Ball Super

 
O anime está sendo adaptado para mangá por Toyotarō, autor por trás da oficial adaptação para mangá do filme A Ressurreição de 'F'. O mangá começará a serialização na edição de agosto de 2015, da revista V-Jump.
 

Diferenças entre mangá e anime

 
 
Como vários do gênero, Dragon Ball apresenta consideráveis diferenças entre o mangá e o anime.
 
No anime foram criados vários episódios inexistentes em mangá. Tais episódios, fillers, foram criados com o intuito de impedir que o anime ultrapasse o mangá em termos de história.
 
Exemplos disso são os episódios do Javeleta que aparecem antes do 22º torneio de Artes Marciais, o casamento de Goku e Chichi, o treinamento de Tenshinhan, Yamcha, Chaos e Kuririn na Sala do Templo de Kami Sama, a passagem de Goku pelo palácio da princesa Serpente, o episódios dos garotos que tiveram seu planeta destruído por Freeza e que viviam numa nave, o do falso planeta Namekusei, as Forças Especiais Ginyu enfrentando os humanos no Planeta do senhor Kaiô, o episódio em que Goku e Piccolo vão tirar carteira de habilitação (ep.125), o aniversário de Gohan, dois episódios em que Taopaipai reaparece após ser vencido por Tenshinhan no 23º torneio de Artes Marciais, dentre outros. Além das mini-sagas de Garlick Júnior e do torneio de Artes Marciais do Mundo dos Mortos.
 
Devido ao sucesso da série, a Toei Animation criou vários especiais da série (obviamente inexistentes no mangá). Dentro da série, tais especiais tem um encaixe cronológico um tanto confuso. Além desses especiais existem mais dois OVAs.
 
Porém a maior de todas as diferenças é a existência de Dragon Ball GT. Esta fase não existe em mangá, já que Akira Toriyama o parou na saga de Buu. Esta fase foi criada exclusivamente para o anime, e foi produzida pela Toei Animation e os assessores de Toriyama, que apenas supervisionou a produção da série.
 
Há também uma diferença conhecida por poucos fãs, que é a cor de cabelo da Bulma, que no original era púrpura e no anime foi mudada para turquesa
 

Curiosidades

 
- Em 2006, Toriyama e Eiichiro Oda, autor de One Piece publicaram um one-shot intitulado Cross Epoch, onde personagens de Dragon Ball e One Piece protagonizaram um crossover.
 
- Oda ao lado de outros 16 mangakás, como Masashi Kishimoto e Kubo Tite, homenageou Toriyama, cada um dos artista fez um desenho com personagens da série para ser publicado em coletâneas do mangá.
 
- Uma adaptação do OVA Dragon Ball Ossu! Kaette Kita Son Gokū to Nakama-tachi foi ilustrada por Ooishi Naho e publicada no especial de 40 anos da Shonen Jump. Foi anunciado, em Novembro de 2010 que Naho ira ilustrar o mangá Dragon Ball SD (Super Deformed), o qual trata-se de uma releitura da infância de Goku para a revista infantil Super Strong Jump. Antes do anúncio de Dragon Ball SD, havia um boato que Toriyama faria um mangá para promover o jogo Dragon Ball Online.
 

Autor

 

Akira Toriyama

 
 
Akira Toriyama (鳥山 明, Toriyama Akira?) (Kiyosu, 5 de abril de 1955 ) é um autor japonês de mangá, conhecido por ser o criador de séries como Dragon Ball e Dr. Slump.
 
Akira iniciou sua carreira em 1978 com a história Wonder Island publicada na Weekly Shonen Jump, depois fez outros mangás: Highlight Island, seguido por Tomato Girl Detective.
 
Ele conquistou sua fama com Dr. Slump, publicada semanalmente na Shonen Jump de 1980 a 1984, gerando 18 volumes encadernados, que veio a ser o primeiro anime baseado em uma obra de Toriyama.
 
Ele é mais conhecido por ser o autor da famosa série Dragon Ball (a segunda parte do mangá em diversos países é conhecida como Dragon Ball Z e Dragon Ball GT ). Seu sucesso "forçou" Toriyama a trabalhar em Dragon Ball de 1984 a 1995. Durante esse período de onze anos, ele produziu 42 volumes. Cada volume tem uma média de 200 páginas, de maneira que toda trama de Dragon Ball se estende por quase 10,000 páginas. Além disso, o sucesso de Dragon Ball levou a uma série de anime para televisão, filmes de longa-metragem, Video games, e um mega-merchandising.
 
Seu traço simples e senso de design o levaram a trabalhos projetando personagens para a famosa e popular série de jogos de vídeo game Dragon Quest. Ele também serviu como designer de personagens para o RPG Chrono Trigger para Super Nintendo e o popular jogo de luta Tobal No. 1 para PlayStation, e continua a produzir algumas histórias ocasionais de mangá.
 
Seus trabalhos depois de Dragon Ball foram histórias curtas (100-200 páginas), incluindo Cowa!, Kajika, Sandland, e alguns one-shots, como a paródia Neko Majin Z.
 
Seu mais recente trabalho foi como designer de personagem para o RPG Blue Dragon, do Xbox 360, dirigido por seu amigo Hironobu Sakaguchi (aclamado ex-diretor de Final Fantasy com quem já havia trabalhado em Chrono Trigger). Recentemente, Blue Dragon também ganhou uma adaptação em anime.
 
Hoje em dia, Akira Toriyama é considerado o grande mestre dos principais autores do gênero shonen, como Eiichiro Oda (One Piece), Masashi Kishimoto (Naruto), Tite Kubo (Bleach) e Hiro Mashima (Fairy Tail), que frequentemente expressam sua admiração por Toriyama, até mesmo com pequenas referências em suas obras.
 
Nos mangás, Toriyama trabalhou em um crossover Dragon Ball Z x One Piece, em dezembro de 2006, para a Shonen Jump especial de fim de ano. A obra se chama Cross Epoch.
 
Em 2009, Toriyama desenhou o CD cover do single Rule/Sparkle da cantora pop rock japonesa Ayumi Hamasaki vestida com a roupa de Goku.
 
Entre os anos de 2011 e 2013 Akira Toriyama supervisionou o novo filme sobre o universo de Dragon Ball Z,que foi lançado com o nome de Dragon Ball Z Batle Of The Gods. Além disso, também está supervisionando o Mangá Comic do Dragon Ball GT.

Leitura de Cabeceira: Mangás de Dragon Ball Leitura de Cabeceira: Mangás de Dragon Ball Reviewed by Luara Moraes Leão on 6.7.15 Rating: 5

Post AD