Header AD

Leitura de Cabeceira: Livros para Colorir


Com certeza você já ouviu falar nesse ano ou até mesmo ano passado sobre livros de colorir para adultos, mas por que um entretenimento que até pouco tempo era feito apenas por crianças se tornou interesse do mundo adulto?

Como Surgiu?


Segundo Pourpoutidou, a ideia de publicar produtos para adultos surgiu com os seguidos elogios dos pais que aproveitavam a gama de livros para crianças que a casa editorial publica sob o selo Buster Books. Decidiram então, publicar algo para eles com algumas modificações.

Os desenhos têm de ser mais complexos do que os livros para as crianças e os livros são projetados para serem bonitos e desejáveis.

Números
                                


O sucesso no Brasil acompanha os números registrados em outros países: na Amazon, O Jardim Secreto é o mais vendido na categoria livros; na Amazon do Canadá, só perdeu o primeiro lugar para Floresta Encantada, da mesma autora. E até a versão sul-coreana do livro ficou no topo da lista dos mais vendidos durante todo o mês de janeiro, segundo a Sociedade de Editores da Coreia. Várias editoras, em especial na Europa, têm apostado no gênero.

Função


Mais do que adultos interessados em arte ou em reviver a infância, os livros passaram a atender um público ainda maior: adultos estressados.

Pourpoutidou aposta nisso.

Colorir é tão relaxante que, uma vez que as pessoas experimentam, elas são fisgadas.

"A primeira coisa que as pessoas pensam é que voltei aos cinco anos. É natural isso. Se eu visse uma pessoa na rua pintando com lápis de cor um livro com contornos para serem preenchidos, eu pensaria também. E fiz artes visuais", diz Camille. As pessoas só entendem o hábito quando Camille conta que a pintura tem um efeito calmante.

A terapeuta ocupacional Ana Leite, afirma que o que podem parecer tarefas infantilizadas, são também próprias para adultos.

Em tempos em que o meio digital é tão presente na vida pessoal e de trabalho dos adultos, uma atividade manual não relacionada a tecnologia pode ser a alternativa leve e que proporciona bem estar.

A arte terapeuta Deolinda Fabietti, especializada em cuidado do adulto, afirma que a pintura pode ser um canal para se expressar, ajudando a exercitar a criatividade e a alcançar maior autoconhecimento.

A arte atinge esse bem estar e traz um momento de relaxamento, que pode conduzir a um contato com seus conflitos e maneiras de lidar com eles.

Para Ana Leite, a pintura em livros pode ajudar aqueles que se cobram demais a relaxar.

Pintar quadros é uma atividade que o autor da obra, por mais simples que possa ser, tem um nível de cobrança e requer uma preocupação com harmonia e proporções que não encontramos com o ato de rabiscar, que ocorre de uma forma livre e mais espontânea.

Exemplos de Livros para Colorir

- Jardim Secreto (Autora: Johanna Basford)
- Floresta Encantada (Autora: Johanna Basford)
- Jardim Encantado (Autora: Sophie Leblanc)

Leitura de Cabeceira: Livros para Colorir Leitura de Cabeceira: Livros para Colorir Reviewed by Luara Moraes Leão on 22.6.15 Rating: 5

Post AD