Header AD

Review: "Loser Like Me" (6x01) e "Homecoming" (6x02) de Glee


You wanna be a loser like us.

Essa estreia de temporada de Glee foi brilhante em todos os aspectos. Aquele sentimento de exclusão nos trouxe de volta à primeira temporada da série e a adição de personagens foi revigorante, assim como a volta dos 'originais' foi genial.

O hiato quase interminável entre a quinta e a sexta temporadas fizeram bem aos escritores, que começaram a atar as milhares de pontas deixadas na temporada anterior.

Em "Loser Like Me", vemos novamente o sofrimento de nossos personagens favoritos, como Rachel, Blaine, Kurt, Sam. E a forma como esses fracassos são tratados, com drama e, ao mesmo tempo, comédia, dão a lição de moral que só Glee sabe dar.

A vida de todos mudou muito. Depois da destruição do clube do coral, Will foi ser treinador do Vocal Adrenaline, eterno inimigo do New Directions. Sue continua diretora e ainda é implacável, com seus cachorros sinistros e regras totalmente contra as artes, fez (quase) todos os membros do coral se transferirem de escola e instala o medo no McKinley. Palmas, mais uma vez, para a atuação de Jane Lynch. Figgins, antes diretor da escola, agora, trabalha na cafeteria de Lima.

As cenas do término entre Kurt e Blaine foram de partir o coração e arrancaram lágrimas, como da outra vez. Mérito não só dos escritores, mas também da atuação de Chris Colfer e Darren Criss.
Lea Michele continua impecável. A atriz consegue transitar entre drama e comédia, canto e fala tão facilmente que nos deixa boquiabertos.

As músicas de ambos os episódios também não decepcionaram. Era perceptível que todas foram escolhidas minuciosamente para se encaixarem em cada momento ao qual pertenciam.

Agora, falemos dos novos personagens. Roderick é a cara de Glee.  Seu jeito de excluído e tímido se encaixa perfeitamente na série, juntamente com sua voz surpreendente, nos cativando desde o início.
Jane é uma powerhouse. Sua voz é impressionante e o fato de enfrentar o machismo da Academia Dalton me fez amá-la ainda mais. Ela é uma novo símbolo para Glee.

Spencer é a mistura de Puck, Kurt e até um pouco de Finn. Ele é destemido e aberto em relação à sua sexualidade e, ao mesmo tempo, faz com que tenhamos um pouco de medo dele. O fato de enfrentar Sue, em "Homecoming", mostrando seu caráter, o faz ganhar pontos conosco.

E o que dizer dos gêmeos Mason e Maddison? São fofos, hilários e ainda cantam bem. Serão um ótimo alívio cômico para as cenas de tensão.

A volta dos personagens antigos nos deu um misto de tristeza, saudade e conforto. Tristeza por conta do fim da série. Saudade de quando eles ainda eram personagens regulares. E conforto por trazerem aquele ar de 'volta para casa' que estávamos precisando. A amizade e os conselhos, antes muito presentes no programa, estão de volta.

Todos esses motivos só me levam a acreditar que essa temporada de Glee será impecável e nos deixará com dor no coração quando acabar.

Glee
"Loser Like Me/Homecoming"

Episódio: 1
Temporada: 6
Estreia: 09/Jan/2015
Emissora: Fox

★★★★
Review: "Loser Like Me" (6x01) e "Homecoming" (6x02) de Glee Review: "Loser Like Me" (6x01) e "Homecoming" (6x02) de Glee Reviewed by Carolina Soares on 25.1.15 Rating: 5

Nenhum comentário

Post AD