Header Ads

NMI15: Análise do álbum de estreia homônimo do Hozier (Hozier | Parte 2)

Na segunda matéria do Hozier no projeto #NMI15 fizemos uma análise de seu álbum de estreia homônimo.

Passados uma semana voltamos com mais matérias do Hozier, e hoje falaremos sobre o seu mais recente lançamento, o álbum homônimo Hozier. O material foi lançado no dia 20/Agosto do ano passado, em duas versões. 

'Hozier' é composto por 13 músicas em sua versão standart e por 17 em sua versão deluxe, incluindo a já conhecida Take Me To Church. As faixas seguem a mesma trilha de seus materiais anteriores, ao misturar várias influências ao seu rock alternativo num resultado de valer a pena. Houve uma evolução nos vocais, mas não perdendo sua identidade.

Entre as faixas que se encontram em seu álbum debut que recomendamos são as canções From Eden e Sedated, ambas que já integraram os EPs que antecipavam o álbum. Outra música que merece a audição é a versão ao vivo da música Cherry Wine, ambas disponíveis para audição no Spotify.



Com o álbum homônimo o irlandês demostra que seu sucesso não será passageiro e que o mesmo tem tudo para continuar ascendendo no mundo fonográfico, entregando um material sólido e capaz disso. Segunda voltamos com o Listando especial, até lá!

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.