Header AD

Leitura de Cabeceira: de Princesas a Fantasmas com Meg Cabot


Olá leitores do TPJ famintos por livros, no meu segundo Leitura de Cabeceira gostaria de falar de uma autora que marcou minha adolescência e pré- adolescência  e que tem presença confirmada na minha estante de livros. Já li 'Formaturas Infernais', a 'Saga A Mediadora' (meu preferido), estou lendo a Saga 'O Diário da Princesa' e 'A Garota Americana Quase Pronta' está a minha espera.

Meggin Patricia Cabot ou simplesmente Meg Cabot é uma escritora estadunidense de 47 anos renomada no mundo juvenil, sendo autora de mais de 60 livros e alguns deles foram até adaptados para o cinema.

Séries Literárias e Obras:


Coleção O Diário da Princesa
Série The Heather Wells Mistery
Série Boy
Série Desaparecidos
Série A Garota Americana
Série Avalon High
Série Queen of Babble
Série Cabeça de Vento
Série Abandono
Série As Leis de Allie Finkle para Meninas
Série Insaciável
ídolo Teen
Como ser Popular
Ela Foi até o Fim
Pegando Fogo!
Sorte ou Azar?
Formatura Infernais

Curiosidades:

- Meg Cabot possui três tipos de nomes que coloca em seus livros, o pseudônimo Jenny Carroll, Meg Cabot ou Patricia Cabot que são abreviações de seu nome.

- É casada com o escritor financeiro e poeta Benjamin D. Egnatz. O casamento foi celebrado em 1 de abril de 1993, o 'April Fool´s Day' (dia dos tolos, ou dia da mentira, como é conhecido no Brasil), a escolha da data foi uma brincadeira de Meg, pois seu marido tinha uma crença de que só os tolos se casam. O casamento ocorreu durante uma fuga para a Itália, e o romance 'Todo Garoto Tem' é vagamente inspirado nessa história.

- Os direitos da filmagem das séries 'A Garota Americana' e 'A Mediadora' foram vendidos para a Disney, assim como 'O Diário da Princesa'.

- Em setembro de 2009, Meg Cabot veio ao Brasil durante a Bienal do Livro e se disse fã da escritora Clarice Lispector, e ainda recomendou um livro seu, Laços de Família. Além de participar de diversas seções de autógrafos e palestras na Bienal do Livro do Rio de Janeiro, Meg Cabot também visitou as cidades de São Paulo, Curitiba e Salvador.

Eu Indico:A Mediadora


Suzannah sempre quis ser um garota comum, contudo não pode, pois essa menina de 16 anos pode ver fantasmas, só que ela não tem apenas o dom de ver fantasmas, ela tem que ser a mediadora deles para se libertarem e deixarem a terra. Além desse poderosos dom, mas odioso a garota, pois só a mete em confusões, está tem que se mudar de Nova York para a Califórnia, onde mora seu padrasto e seus três meio irmãos (Mestre, Dunga e Soneca, como ela os apelidam) em uma casa de construção antiga, o que é muito ruim, pois enquanto mais antiga, mas pessoas podem ter passado por lá. E nesta casa Suzannah conhece seu primeiro amor um fantasma chamado Jesse que morreu naquela casa e que não sai mais do quarto dela. Bem, essa foi uma simples explicação do livro que eu fiz, mas eu recomendo muito que leia o livro, este é cheio de humor, romance, aventura e sobrenatural, com direito a exorcismo e vindas de viatura de polícia para a casa.

Até Semana que vem com mais um 'Leitura de Cabeceira'.
Leitura de Cabeceira: de Princesas a Fantasmas com Meg Cabot Leitura de Cabeceira: de Princesas a Fantasmas com Meg Cabot Reviewed by Luara Moraes Leão on 11.1.15 Rating: 5

Nenhum comentário

Post AD