Header AD

O romantismo irresistível do Thomas Fiss em seu EP Chasing Satellites

Um dos cantores que merece todas as atenções e que devemos ficar de olho nos próximos anos é o Thomas Fiss. O rapaz americano de 27 anos atualmente vem promovendo o seu EP Chasing Satellites, assinado pela gravadora Tower 16, que traz uma qualidade sonora e amadurecimento inegável.

Apesar de seu recente reconhecimento, seu envolvimento com o universo das artes é bem mais antigo. Desde a adolescência seu prazer e encaixe com ele era notório, participando do programa de jovens atores da Multimedia Arts de San Diego e outras atividades do meio. Por ter nascido em San Diego, boa parte do tempo ele se dedicava ao surf e a outra na composição de faixas para si e outros artistas. Desde os 10 anos ele sabia tocar guitarra, como também domina a bateria, o piano e o baixo.

Talvez um dos pontos de maior destaque em sua carreira seja a sua participação na boyband Varsity Fanclub, assinada pela Capitol Records, onde ele ganhou fama e conhecimento necessário para seu futuro artístico. Com o fim do grupo, Thomas continuou apostando na música, usando o seu canal pessoal no Youtube para disponibilizar alguns covers e começou a trabalhar em sua carreira solo, lançando alguns EPs. O mais recente é intitulado 'Chasing Satellites', sucessor do 'RT' que foi escrito pelo Ryan Tedder do OneRepublic.



O álbum é composto por quatro faixas, sendo três lançadas como singles ganhando videoclipes. Ele soa de forma a criar um clima perfeito, com tranquilidade e o relaxado ao ponto de desejar ouvir mais faixas. O romantismo maduro dele é bem notório, mostrando seu amadurecimento artístico na fase solo em comparação à época da banda. Liricamente, apesar das faixas não terem letras tão memoráveis ou originais, sua interpretação e entrega emotiva acrescenta o que falta a elas, não decepcionando. Observa-se influências do Bruno Mars, Marron 5, Justin Timberlake, OneRepublic,  Kelly Clarkson e Coldplay. 



Com 'Chasing Satellites', Thomas consegue apresentar seu novo lado, largando sua imagem do período da 'boyband'. Ele tem um futuro otimista pela frente, podendo conquistar mais admiradores pelo mundo.


Gostou do Thomas Fiss? Acompanhe-o no Youtube, Facebook e Twitter e fique por dentro das últimas novidades dele.

O TPJ tem uma novidade para os fãs do New Music e Not Rated. Apresento-lhes o selo musical de aprovação do site! \o/ Então toda vez que você ver este selo aqui no portal, você vai saber que a equipe do TPJ aprovou aquele cantor (a), música ou banda. 

O romantismo irresistível do Thomas Fiss em seu EP Chasing Satellites O romantismo irresistível do Thomas Fiss em seu EP Chasing Satellites Reviewed by João Walber on 11.10.14 Rating: 5

Nenhum comentário

Post AD